Causas da diarreia na gastroenterite

Causas da diarreia na gastroenterite

O que é gastroenterite?
A gastroenterite, também chamada de gastroenterocolite aguda (GECA), é o nome usado para designar perturbações gastrointestinais que acompanham os sintomas de diarreia, vômitos, náuseas, podendo ocorrer também cólicas, distensão abdominal e febre.

Quais os órgãos atingidos na gastroenterite?
Normalmente todo o trato digestivo é comprometido. Há um aumento de movimento no tubo digestivo e/ou desequilíbrio entre secreção e absorção intestinal de água. A irritação ou infecção pode atingir o estômago, intestino delgado e/ou cólon de forma repentina e causando mal estar.

Inflamação do estômago (gastrite) ;

• Inflamação do intestino delgado (enterite) ;

• Inflamação do intestino grosso (colite).

Quais os sintomas da gastroenterite?
Quando ocorre inflamação no estômago (gastrite), os sintomas se manifestam com dor na parte superior do abdome, náuseas e/ou vômitos.

Já a ocorrência de inflamação do intestino delgado (enterite) e do intestino grosso/cólon (colite), provocam a diarreia, o principal sintoma da gastroenterite.

As fezes se tornam moles ou líquidas, há um aumento no número de evacuações, e ocorre urgência evacuatória. Pode surgir sangue ou muco nas fezes.

Quais as causas?
As causas são variadas, mas a principal é a ingestão de água e/ou alimentos deteriorados ou contaminados por agentes infecciosos, como, bactérias, vírus e suas toxinas. Outras causas:
Parasitas intestinais e protozoários ( lombriga, ameba, giárdia, Cryptosporidium etc),
• Vírus (rotavírus, citomegalovírus, Norwalk etc),
Intolerância ou alergia a alimentos,
• Medicamentos (antibióticos ou laxantes),
• Sorbitol (adoçante),
• Viagens (diarreia do viajante)
Estresses e ansiedade.

Gastroenterite é grave? Quanto tempo demora até curar?
Em geral, é uma doença autolimitada, dura poucos dias (de 48 horas até, no máximo, 1 semana). Às vezes dura apenas algumas horas. Sintomas como febre, confusão mental, sede excessiva merecem atenção especial e atendimento médico urgente.

Como tratar a diarreia na gastroenterite?
A principal preocupação é evitar a desidratação. Beba bastante líquidos durante todo o dia, como água, chás e sucos. Gatorade é excelente para ajudar a reequilibrar a perda dos eletrolíticos (sódio e potássio). Faça o soro caseiro: em 1 litro de água mineral ou fervida, misture 4 colheres de sopa de açúcar, 1 colher de chá de sal e beba durante o dia.

A dieta deve ser leve, à base de sopas no primeiro dia, associada à restrição alimentar para fibras (verduras, legumes e cascas de frutas), gorduras, condimentos e, também, para leite e derivados. Refrigerante está liberado e o café proibido. É importante o repouso.

No segundo dia pode-se incluir banana, maça sem casca, arroz, batata cozida, canja, torradas e biscoito de água e sal. Evite qualquer alimento gorduroso, frituras, vegetais crus e doces. Em 48 horas é possível que já se sinta melhor e as fezes estejam mais consistentes.

É necessário o uso de medicamentos?
Na presença de bactérias, administra-se tratamento específico, que são os antibióticos, com receita médica. Pode ser necessário também medicamentos contra vermes. Os medicamentos probióticos ajudam a restabelecer a flora intestinal.

A diarreia pode se tornar grave?
Na ocorrência de desidratação, o quadro pode se tornar grave. Provoca desequilíbrio hidroeletrolítico (deficiência de água e eletrólitos) como sódio, cloro e potássio, além de alterações renais, toxêmicas ou infecciosas.

Também há gravidade quando ocorre perda de sangue, sinais de intoxicação ou infecção, alteração do nível de consciência, da pressão arterial ou de pulso. Pode ser necessário hospitalização para hidratação via endovenosa (por veia), especialmente na ocorrência de vômitos ou alteração da consciência.

Curiosidade: no processo normal de ingestão e excreção, o tubo digestivo movimenta cerca de 10 litros de líquidos por dia, que são reabsorvidos pelo organismo, restando apenas cerca de 200 ml, contidos no bolo fecal normal. Com as alterações na absorção, como ocorre na diarreia, esse líquido é liberado, tornando as fezes líquidas.

Palavras em azul são links que te direcionam ao assunto assinalado. Clique nelas para ser direcionado ao artigo correspondente. Leia também:
Hepatite A é causada por água ou alimentos contaminados

Este conteúdo é exclusivo do livro Medicina Mitos e Verdades (CarlaLeonel) – Editora CIP (22 especialidades médicas em 800 páginas). Médico responsável pelo capítulo de gastroenterologia Prof. Dr. Luiz Chether.