Causas e sintomas do câncer de fígado

Causas e sintomas do câncer de fígado

O fígado é um dos órgãos mais importantes do nosso corpo. Quase tudo o que comemos, após a digestão gástrica e intestinal, é absorvido e metabolizado pelo fígado e, em seguida, encaminhado aos diferentes setores do nosso organismo, decompostos sob a forma de aminoácidos, ácidos graxos, sais biliares e glicose. Uma das causas mais comuns do câncer do fígado é a cirrose , especialmente aquela decorrente da agressão dos vírus B e C da hepatite .

O câncer de fígado é dividido em duas categorias:
• Tipo primário,chamadode carcinoma hepatocelular ou hepatocarcinoma: esse é o tipo que ocorre em mais de 80% dos casos do câncer de fígado. É um tumor originado no próprio fígado ea 5ª causa mais frequente de câncer no mundo. Atualmente, se o diagnóstico precoce for feito antes que o tumor se espalhe para outros órgãos, o transplante do fígado pode representar a cura. Após o transplante, o indivíduo pode levar uma vida normal. Em se tratando de câncer por vírus B e C da hepatite, esses podem voltar a replicar, possibilitando o retorno da cirrose no fígado transplantado. Pacientes comcirrose também tem grandes chances dedesenvolverem este tipo de câncer, principalmente portadores da cirrose associada ao alcoolismo e aos hormônios esteroides (hormônios usados geralmente, por halterofilistas).

• O secundário ou metástico é o tumor que teve origem anteriormente em outro órgão e por metástase atingiu o fígado. Metástase é quando as células cancerosas invadem os órgãos vizinhos pela proximidade ou chegam até os órgãosdistantes através dos vasos sanguíneos ou linfáticos. Os principais tipos de câncer que podem apresentar metástase para o fígado são: câncer de pâncreas, colorretal , estômago, mama , esôfago, pulmão e o tumor carcinoide.

Sintomas do câncer de fígado por ordem de frequência:
• Dor abdominal,
• Distensão abdominal,
• Mal-estar,
• Perda de apetite,
Icterícia (pigmentação amarela da pele, mucosa e olhos) - clique no link azul e leia artigo completo,
• Ascite (barriga dágua): acúmulo de líquido dentro do abdome,
• Urina escura,
• Fezes claras,
• Vômitos com sangue.

Prevenção
Prevenção e diagnóstico precoce mudam a história natural do câncer. Vacina da hepatite viral previne o câncer de fígado. Vários já são os medicamentos antivirais voltados para portadores de hepatites crônicas secundárias aos vírus B e C.

A importância da vacinação para hepatite B
O vírus B da hepatite é de transmissão sexual, ou vertical (da mãe para seu filho, usualmente durante o parto), ou pelo sangue (transfusão de sangue ou seus derivados, hemodiálise, compartilhamento de agulhas ou acidente
com objetos perfuro cortantes). A estimativa é que 10% dos infectados podem não se livrar do vírus e metade deste contingente evolui para cirrose, com risco de desenvolver câncer de fígado.

Atualmente, com os avanços da Medicina e abordagem de infecções e imunodepressão voltada para rejeição, melhoraram sobremaneira os resultados do transplante de órgãos, especialmente de fígado.

Este conteúdo é exclusivo do livro Medicina Mitos e Verdades (CarlaLeonel) – Editora CIP. Médico responsável pelo capítulo de gastroenterologia Prof. Dr. Luiz Chether.

Palavras em azul são links que te direcionam ao assunto em questão. Clique para ler. Matéria relacionada:
O que é cirrose hepática: sintomas e consequências
Causas da cirrose hepática e evolução