Gravidez após laqueadura

Gravidez após laqueadura

Qual a chance de uma nova gravidez após a reversão de laqueadura? Em que caso isso não é possível?
A reversão cirúrgica da laqueadura tubária é, hoje em dia, contraindicada. Além de ser um método caro e difícil, existe um risco 10 vezes maior da gravidez ocorrer nas trompas. Atualmente, quando a mulher laqueada decide ter uma nova gravidez, esta deverá ser realizada por fertilização in vitro, com muito maior probabilidade de sucesso.

A laqueadura pode falhar? A mulher pode engravidar depois de ser submetida a ligadura de trompas? Em que época isso pode acontecer e por que?
É extremamente raro acontecer uma gravidez depois de uma laqueadura. Em cada 10 mil mulheres laqueadas, apenas uma engravida. Isso acontece porque a trompa, mesmo cortada, pode lentamente recanalizar. A laqueadura é considerada um método definitivo e altamente eficiente. O único exame possível para detectar a recanalização da trompa é a histerossalpingografia (raios-X contrastados do útero e das trompas).

Os poucos casos de gravidez pós-laqueadura registrados ocorreram, na maioria das vezes, após mais de 10 anos do procedimento e, principalmente, em mulheres que se submeteram a laqueadura com menos de 30 anos. A taxa de falha antes deste período atinge 3% deste total.

Conteúdo do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel). Capítulo de Ginecologia. Médico responsável Prof. Dr. Thomaz Gollop.

Matérias relacionadas:
Cirurgia da laqueadura
Consequências da laqueadura
Gravidez nas trompas
Vasectomia

Informações completas sobre este assunto você encontra no livro Medicina, Mitos & Verdades (Carla Leonel) 8ª edição - Editora CIP. Compre agora clicando aqui.