Bactérias podem atacar o coração: endocardite

Bactérias podem atacar o coração: endocardite

No artigo anterior explicamos como os vírus podem atingir o coração provocando a miocardite (clique para ler o artigo).No caso da endocardite, as infecções são causadas principalmente por bactérias, apesar de que fungos e outros germes também podem atingir o endocárdio.

E o que é endocardite?
A endocardite é a infecção do revestimento interno do coração (endocárdio). Ela ocorre quando bactérias ou germes de outra parte do organismo viajam pela corrente sanguínea e se instalam no coração.

Quais as causas?
Os agentes infecciosos entram na corrente sanguínea por meio das gengivas, dentes infeccionados, outras áreas de infecções e até mesmo através de materiais perfurantes, como cateteres e agulhas. Porém, pessoas portadores de algum tipo de dano no coração têm mais probabilidade para que as bactérias se instalem no coração.

Pessoas sem problemas cardíacos têm menos chances,pois o coração costuma ser imune a este tipo de infecção devido à rapidez que o sangue circula dentro dele. Mesmo que as bactérias estejam na corrente sanguínea, não teriam força ou tempo para se instalarem no coração.

Entretanto, no caso de pacientes com problemas na estrutura interna do coração como por exemplo, nas válvulas cardíacas ou defeitos de nascença, as anormalidades na parte interna do coração modificam o fluxo internamente dentro do órgão, e permitem, desta forma, que as bactérias se instalem no endocárdio.

Já nas pessoas saudáveis, o sistema imunológico se encarrega de destruir as bactérias, e mesmo que elas alcancem o coração, não necessariamente terão o poder de causar uma infecção.

Que tipo de pessoa é mais vulnerável para contrair a endocardite?
Pacientes com problemas nas válvulas cardíacas, válvulas artificiais no coração, defeitos congênitos, histórico de endocardite anterior, com outros problemas cardíacos, com cáries e problemas nos dentes e gengivas, ou com histórico de uso de drogas injetáveis são mais propensos a desenvolver endocardite.

Sintomas da endocardite:

• Febre,

• Dores nos músculos e articulações,

• Fadiga,

• Falta de ar,

• Emagrecimento,

• Pele pálida,

• Manchas pequenas na pele de cor roxa,

• Mancha branca nos olhos e/ou boca.

Deve-se ter atenção especial a pacientes com sopro, já que este se intensifica. Qualquer válvula que seja atingida pela infecção pode ser danificada e levar a insuficiência cardíaca.

Leia os artigos:

Causas e consequências do sopro cardíaco

Insuficiência cardíaca é grave e pode matar

Quais as outras complicações da endocardite?
Além da insuficiência cardíaca, a endocardite pode causar danos em órgãos e tecidos, além de infecções no cérebro, rins, baço e fígado. Por contaminar o sangue que passa dentro do coração, ao bombear este sangue para o corpo, acaba por levar junto as bactérias para o resto do organismo podendo provocar uma infecção generalizada e embolia séptica (veja ilustração), situações graves que levam à morte.

Leia artigos complementares:

Septicemia: infecção generalizada

Choque séptico

Fonte: Capítulo de cardiologia do livro Medicina Mitos e Verdades (Cardiologista: Prof. Dr. Bernardino Tranchesi Jr.), Sociedade Brasileira de Cardiologia.