DOENÇAS QUE CAUSAM FALTA DE AR

No artigo anterior explicamos a diferença entre cansaço e falta de ar (clique no link para ler). Nesta matéria vamos abordar as principais doenças que causam a falta de ar. Caso queira saber mais detalhe sobre as doenças especificadas neste artigo, clique sobre elas (palavras em azul são links) e você será redirecionado a página correspondente.

As causas da falta de ar são múltiplas, sendo as mais frequentes as pulmonares ou cardíacas. Dentre as pulmonares, as mais comuns são:

Asma;

Doença pulmonar obstrutiva crônica: representa a bronquite crônica (inflamação dos brônquios) e enfisema pulmonar (inflamação e destruição dos alvéolos). Nesses casos observa-se um comprometimento dos brônquios que impede a chegada de uma quantidade adequada de ar (oxigênio) aos alvéolos (estrutura pulmonar que permite a passagem do oxigênio para o sangue), provocando desta forma, a falta de ar;

Derrame pleural ou congestão pulmonar: a redução de oxigênio é secundária a menor expansão do pulmão;

• Quadros intersticiais: a falta de ar ocorre pelo comprometimento da parede que separa os alvéolos (onde ocorrem as trocas entre o ar e o sangue). Com isso há uma redução da passagem de oxigênio do alvéolo para o sangue, o que explica a menor presença de oxigênio nos tecidos;

• Tumores;

• Dentre as doenças cardíacas, a causa mais frequente da falta de ar é a insuficiência cardíaca;

• Outros fatores não especificamente cardiopulmonares também podem provocar falta de ar, como a anemia e os problemas neuromusculares.

Uma observação importante: a falta de ar é subjetiva. Ela pode ser originada de causas  orgânicas como também ser de origem psicológica. Fatores emocionais também podem se traduzir em sensação de falta de ar.

Conteúdo do livro Medicina Mitos e Verdades. Perguntas e Respostas em 22 especialidades médicas com a colaboração dos mais renomados médicos do Brasil. Capítulo de Pneumologia. Médico responsável Prof. Dr. Francisco Vargas - Ex-Professor Titular da Disciplina de Pneumologia da Faculdade de Medicina -  FMUSP

Clique no link abaixo e leia matéria relacionada:
Tipos e frequência de respiração

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo e/ou imagem sem citar a fonte com o link ativo. Direitos autorais protegidos pela lei.