Como escolher a cor do tonalizante

Como escolher a cor do tonalizante

Quem não gostaria de ter um cabelo sempre com brilho e saudável? Madeixas bonitas além de dar vida ao rosto são capazes de te deixar com astral lá pra cima ou...fazê-la mergulhar naquele desespero! Quantas vezes você já se sentiu animada só por ver seu cabelo lindo e radiante? Turbinar o visual é uma excelente aposta para te fazer sentir diva e trazer novas energias.

Radical mas nem tanto

É assim que se começa. Sutilmente. Pequenas mudanças e grandes resultados. Essa é a proposta dos tonalizantes, que tem efeito temporário, e é capaz de alterar o tom do cabelo. Mas que fique claro: tonalizante não tem a função de clareamento.Como o próprio nome diz, ele age na tonalidade do fio, além de intensificar acor e dar mais brilho aos cabelos. Cabelos escuros, por exemplo, podem adquirir reflexos avermelhados, acobreados e, para as mais modernas, quem sabe até azulados. Não gostou do que viu? Basta lavar as madeixas: entre 10 até 28 lavagens (dependendo do fabricante), a cor anterior volta a lhe dar boas-vindas.

Sem medo de ser feliz

O que altera a cor do cabelo, e diferencia a forma temporária ou permanente da transformação,é o local onde o pigmento da tinta é depositado. Na tintura, o pigmento é depositado na camada mais profunda do fio: o córtex. Neste processo, substâncias químicas (amônia e oxidante) agem para remover a cor natural, e em seguida, depositar a cor escolhida. Enquanto a amônia abre as escamas para retirar o pigmento natural do cabelo, o oxidante libera oxigênio para clarear o fio.

Já os tonalizantes, o pigmento é depositado na cutícula (camada mais superficial) e, além disso, não tem a amônia, que é responsável por remover a cor original do cabelo. Funciona como uma maquiagem mais duradora. A alteração é suave, e o clareamento é relacionado apenas ao TOM do cabelo (não a cor), e desde que o tonalizante tenha oxidante na composição. A intensidade do resultado vai depender sempre da cor base do seu cabelo e da tonalidade escolhida.

Como escolher a cor

Você sempre deve optar por uma cor parecida com a que está em seu cabelo (ou no máximo um tom mais claro), seja ele tinto ou natural. Tonalizantes sem oxidantes tem a função de intensificar a cor, o brilho, e incorporar nuances e reflexos, de acordo com a tonalidade escolhida. Tanto na tintura permanente, como no caso de tonalizantes, as nuances e reflexos são indicados por números depois do ponto (ou vírgula). Cada número que surge após o ponto(ou vírgula), representa as tonalidades acrescentadas na cor. Se estiver descrito com números repetidos, significa a combinação de dois tons para neutralizar ou intensificar a cor da tinta e/ou tonalizante - ex: 4.36 –castanho (4) dourado avermelhado (.36) – veja a listagem abaixo.

Se não existir nenhum número ou for descrito com 0 (ex: 6.0), significa que a cor é natural, sem mistura. Quanto menor o numero, mais escura é a cor. Em uma escala de 1 a 10, o nº 1 representa a cor preta e nº 10, o loiro claríssimo. Identifique a cor do seu cabelo conforme descrito pelo fabricante na embalagem e depois escolha as nuances que deseja experimentar:

Cinza - ( .1 )
Irisado ou Mate - ( .2 )
Dourado - ( .3 )
Acobreado - ( .4 )
Acaju - ( .5 )
Vermelho - ( .6 )
Marrom ou chocolate - ( .7 )
Azul - ( .8 )
Verde/Mate (dependendo do fabricante, violeta) - ( .9 )

Mil e uma utilidades: tire o máximo de proveito dos tonalizantes

Elimina o amarelado de cabelos loiros tintos: utilize os shampoos tonalizantes com pigmentovioleta ou prata.

Cabelo virgem com muito mais brilho: você não quer arriscar alterar o tom, mas amaria ter o efeito do brilho que os tonalizantes proporcionam? Existe no mercado a versão incolor. Aposte nela sem medo, e com risco zero de alterar sua cor natural.

Aqueles indesejados fios brancos começaram a brotar na sua cabeça? Não precisa partir para a coloração permanente. Os tonalizantes são uma excelente opção para camuflá-los e ainda tem a vantagem de deixar suas madeixas mais brilhantes, sem danificar os fios. Dependendo do fabricante, você poderá usar este recurso enquanto os brancos representarem entre até 70% dos fios. A partir disso, só a tintura garante a cobertura total.

Dica de ouro: quer disfarçar os cabelos brancos com resultado “reflexos”? Opte por um tonalizante com um tom mais claro que o seu cabelo. Fica show!

Seus cabelos são tintos e você gostaria de voltar a ter cabelos naturais? Os tonalizantes são uma boa opção para diminuir o contraste entre as cores até eles crescerem.

Quem não gostaria de ficar com os cabelos impecáveis durante todos os dias de férias? Mas, querendo ou não, o sol desbotada a cor de qualquer cabelo. Bronzeada e com cabelo feio? Não, não e não. Aplique o tonalizante e termine suas férias do mesmo jeitinho que começou, com as madeixas cheia de brilho e super macias.

SOS: a raiz cresceu e você precisa de medidas urgentes para disfarçá-las? Já existe no Brasil um spray de coloração instantânea que retoca a raiz em segundos. Disponível em quatro opções de cores: preto,castanho escuro, castanho claro e loiro escuro. Veja qual mais se assemelha a sua cor, e jato nela! Pode ser usado também para disfarçar os cabelos brancos caso seus cabelos sejam virgens. Mas atenção: o efeito é “Cinderela”. Sai na primeira lavagem.

Dica importante: os tonalizantes vão perdendo o efeito a cada lavagem. Para um resultado mais duradouro, use shampoos e condicionadores para cabelos tintos. Essas medidas permitirão que a cor não desbote antes do prazo. O tempo de reaplicação dos tonalizantes também depende do fabricante. Leia as instruções na embalagem.

Para quem tem cabelos saudáveis e quer radicalizar na mudança da cor, opte pela tintura permanente que consegue alterar de 3 a 4 tons da cor natural, dependendo da volumagem do oxidante usado no processo (20, 30 ou 40 volumes). Entretanto, não existe mágica: se seus cabelos são escuros e você quer se tornar uma loira platinada, não adianta aplicar o loiro claríssimo com oxidante de 40 vol. Lembre-se,a tinta só clareia até quatro tons e, desta forma, você corre o risco de ficar com a cabeleira alaranjada e artificial. Mas como no quesito beleza existe sempre soluções, não precisa desanimar: nesse caso, basta descolorir todo o cabelo para depois aplicar a tinta. E atenção: tinta também não clareia tinta.Portanto, depois de eleger a cor e pintar os cabelos, para mudar a cor, só será possível clareá-los com a decapagem. Alertando que todos esses procedimentos químicos danificam a estrutura do fio, podendo torná-los ressecados, porosos, além do risco de corte químico com quebra dos fios. Seu cabelo precisa ser forte para resistir a todas estas experiências. Mudar a cor exige certeza, diferente dos tonalizantes que permite brincar com as opções.