A quantidade de urina e os rins

A quantidade de urina e os rins

Qual a quantidade ideal de urina que uma pessoa deve eliminar diariamente?
Isso varia, pois depende da quantidade de comida e bebida ingerida. Há pessoas que gostam de beber bastante água e outras não. Uma pessoa normal urina entre 700 ml a 2 litros por dia. Mas a qualidade da urina é mais importante que a quantidade.

É normal urinar 5 ou 10 minutos após ingerir um copo de água? O que caracteriza esse comportamento?
Fazendo uma análise isolada, urinar pouco ou muito significa um bom funcionamento dos rins desde que esteja compatível com a quantidade de comida e bebida ingerida. Urinar depois da ingestão de líquidos significa que o rim funciona muito bem. Nesse caso a urina costuma ser clara, pois em decorrência da ingestão de líquidos torna-se mais diluída.

O rim elimina maior ou menor quantidade de urina em função da secreção de hormônio antidiurético que está na hipófise. Pequenas variações na concentração do plasma mudam a concentração do hormônio antidiurético e isso significa que a hipófise é muito sensível, o que é uma reação positiva. Se uma pessoa bebe muita água, cai a sua osmolaridade plasmática, o que bloqueia a produção do hormônios antidiuréticos e, assim, ela urina muito e logo em seguida. Ingerir pouca água faz aumentar a osmolaridade plasmática e o hormônio antidiurético, e a pessoa urina pouco, o que também é bom, pois significa que ela consegue eliminar as toxinas e economizar água essencial para as células. Quem bebe pouco líquido tem a urina mais amarela.

Que doenças provocam alteração no volume da urina?
Na questão anterior, fizemos um comparativo entre a quantidade de líquidos ingeridos X eliminação da urina. Porém, muitas doenças provocam alteração na quantidade da urina. Por exemplo, o fato de urinar muito sem ingestão de líquidos é sinal de problemas. O paciente renal crônico, cujo rim funciona mal, urina 3 litros por dia e sua urina é muito ruim, pois não elimina praticamente nenhuma toxina, mas quase que somente água. Urinar muito também é sintoma tanto do diabetes mellitus quanto do diabetes insípido. Alías, o termo diabetes significa perda de água. No caso do insípido o fator da causa é justamente uma deficiência do hormônio antidiurético que como consequência produz uma eliminação abundante de urina.

Por que quando bebemos álcool urinamos mais?
Esta é outra causa que não está relacionada nem as doenças nem a ingestão de líquidos saudáveis e também provoca a diurese abundante. O álcool age no sistema nervoso central inibindo a produção do hormônio antidiurético tal como no diabetes. Porém, o efeito é a desidratação já que o hormônio antidiurético que controla a quantidade de água no corpo é inibido, e toda água é eliminada no xixi. Por isso sentimos sede, a boca se torna seca e a urina clara. Portanto, para evitar esses inconvenientes,alterne sempre a bebida alcóolica com um copo de água.

Independente do álcool, beber bastante líquido também ajuda a prevenir infecção urinária, cálculo renal, elimina toxinas com mais rapidez, hidrata melhor o corpo, faz bem para o intestino e melhora o aspecto da pele.

Qual a função da bexiga e sua capacidade de armazenamento de urina?
A bexiga tem a função de armazenar e eliminar a urina no momento apropriado. A capacidade média de armazenamento é de aproximadamente500 ml. As mulheres, por terem o espaço do útero bem acima da bexiga toleram um volume menor, sentindo mais necessidade de fazer xixi já no primeiro aviso enviado ao cérebro de que abexiga já está enchendo. Por isso e principalmente as gestantes, também sentem necessidade urgente de urinar já que o útero acaba comprimindo a bexiga.

Informações do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel) - Editora CIP. Capítulo de Nefrologia. Médico responsável Prof. Dr. Emil Sabbaga.

Veja também matérias relacionadas:
Consequências da retenção urinária voluntária
Causas de mudança na cor e cheiro da urina
Por que fazemos mais xixi quando estamos nervosos?

Informações completas sobre este assunto você encontra no livro Medicina, Mitos & Verdades (Carla Leonel) 8ª edição - Editora CIP. Compre agora clicando aqui.