Unha encravada tem cura?

Unha encravada tem cura?

Quem já não sofreu com uma unha encravada? Calçar um sapato? Nem pensar! Às vezes a dor chega a tal ponto, que até o simples contato com o lençol pode ser extremamente dolorido.

Unha encravada ou onicocriptose (nome científico) é quando a unha encrava na pele, principalmente no canto dos dedos. O nome é um prefixo grego: ONICO = unha e CRIPTO significa o que penetra. Ou seja, unha que penetra a carne.

O processo decorre de um aumento na pressão sobre a unha ou suas pregas, causado principalmente pelo ato de cortá-las de forma errada ou usar sapatos apertados ou de pontas finas. O formato da unha também contribui: unhas finas, planas ou com curvatura acentuada tem maiores chances de encravar.

O encravamento pode causar inflamação ou vermelhidão dos cantos das unhas e até mesmo soltar pus. A intensidade da dor varia de acordo com o grau de encravamento da unha.

O dermatologista Prof. Dr. Luiz Carlos Cucé, Professor Titular Emérito do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina — USP e Titular da Disciplina de Dermatologia da UNISA aconselha o corte das unhas com podólogo para quem tem tendência ao problema. Depois da unha encravar já não há o que fazer. “O tratamento nos casos mais leves pode ser feito com o afastamento da pele inflamada por um chumaço de algodão (evite fazer isso sozinho). Nos casos mais graves, opta-se pela cirurgia para remover o tecido inflamado ou destruir a matriz da unha na borda onde ela encrava, para que ela cresça saudável. A retirada da unha por completo é desaconselhável pois o problema poderá persistir quando crescer” , diz o professor.

Como prevenção, o Prof. Cucé orienta: “É importante a correção dos fatores causais para evitar que o problema se repita ou se torne mais sério.” E é muito simples. Basta cortar as unhas corretamente. Para quem têm tendência ao problema, evite cortar as unhas sozinho. Opte sempre por um podólogo".

Conteúdo do livro Medicina Mitos e Verdades(Carla Leonel). Capítulo de Dermatologia.Médico responsável Prof. Dr. Luiz Carlos Cucé.

Leia mais artigos na categoria de Dermatologia e Beleza e bem-estar