Como emagrecer no inverno

Como emagrecer no inverno

Acaba de começar a melhor época do ano para emagrecer! Pode parecer contradição, mas é a mais pura verdade. Quem explica essa fórmula é o renomado personal trainer e life coach Flávio Settanni.

O clima frio desperta a vontade de comer alimentos mais calóricos para ajudar a aquecer o corpo, e esses alimentos quase sempre vão te deixar mais gordinho até o final do inverno. Vou ensinar para como subverter essa regra e terminar o inverno mais magra e pronta para lapidar o corpo para o verão. Claro que isso vale para os empenhados, já que para quem só pratica desculpas para se entupir de comida, o inverno talvez seja a melhor delas.

Para entender como o clima frio te ajuda a emagrecer é preciso lembrar que o corpo humano funciona a uma temperatura média de 36,5ºC. A temperatura nos dias de inverno costuma oscilar, em média, entre 15ºC e 22ºC, portanto o corpo precisa trabalhar para manter a temperatura interna em 36,5ºC, e nesse processo ele usa gordura como energia. Entendeu a fórmula? Se você comer adequadamente, emagrece com menos esforço do que no verão.

A vontade de comer alimentos quentes e calóricos vai aparecer, mas lembre-se que isso é um mecanismo primitivo, que podemos driblar de duas maneiras: usando roupas quentes, que não existiam nos primórdios, e usando os truques que ensino abaixo, para se alimentar bem, com coisas gostosas, quentinhas e terminar o inverno mais magra e feliz:

1) Tome sopas de legumes sem arroz, macarrão, batata ou mandioca. Use carne moída, músculo ou frango para completar a sopa.

2) Esqueça os cappuccinos e chocolates quentes. Prefira os chás sem açúcar, com um pouco de adoçante;

3) Para comer fondues, use vegetais como brócolis e couve-flor para os de queijo e faça um caldo com vinho tinto para os de carne. Deixe o pão e o óleo para um dia especial;

4) Para as massas, use macarrão de ‘grano duro’ e molho de tomate com carne. Evite as massas com ovos e os molhos brancos;

5) Na feijoada, deixe o arroz e a farofa de lado, coma o feijão, a couve e as carnes, moderando nas mais gordas.

Pode ter certeza que essas pequenas mudanças farão, com a ajuda do frio, grandes mudanças em seu corpo. E, claro, não pare de treinar, para não correr o risco de ficar magra e flácida.

Flávio Settanni é formado em Educação Física pela Fefisa, tem especialização em musculação estética, performance esportiva e experiência em nutrição de resultados.

Leia artigos relacionados
Engorda ou Emagrece? Desmistificando alguns mitos
O ganho de peso após a alimentação
Fome ou vontade de comer

Informações completas sobre este assunto você encontra no livro Medicina, Mitos & Verdades (Carla Leonel) 8ª edição - Editora CIP. Compre agora clicando aqui.Frete Grátis para todo Brasil. Mais de 5 mil assuntos | 800 páginas | 22 Especialidades médicas.