Lavar os cabelos pode parecer uma simples rotina: um pouco de shampoo, qualquer condicionador e ponto final.  Mas a verdade não é bem essa. Para cada tipo de cabelo existe a necessidade de produtos específicos. Começando pelo shampoo, passando para o condicionador, máscaras e ampolas, cada um desses produtos tem indicações precisas: cabelos secos, oleosos, normal, crespos, lisos, finos, coloridos, ressecados, indisciplinados, danificados, alisado, opaco, com tendência à quebra, caspa etc. Qual deles é o seu?

Este é o primeiro passo para conquistar cabelos sedosos e saudáveis. Identificar seu tipo de cabelo. Se você usar produtos errados, além de não surtir o efeito desejado, pode até mesmo prejudicar suas madeixas.

Shampoo
Os shampoos servem para limpar tanto o cabelo, como o couro cabeludo. Por isso é importante esfregá-lo sem medo (mas não precisa usar força). Se seu cabelo não estiver completamente limpo, o produto da segunda fase da lavagem (condicionador, máscara ou ampola) não consegue penetrar no fio.

Também não é necessário lavar duas vezes com shampoo para se tornarem mais limpos. Aí vale sua percepção. Seu cabelo está muito sujo? Você lavou no dia anterior? Transpirou bastante? Nadou no mar ou piscina? O clima está quente? Você vive em uma cidade poluída? Esteve em ambientes fechados e poluídos? Andou a pé por ruas congestionadas? Todos esses itens devem ser levados em consideração. Lavagem em excesso resseca os fios.

O shampoo abre as escamas do cabelo para receber o condicionador que tem a função de fechar a cutícula do fio. Portanto, o uso do condicionador não deve ser descartado. Evite água quente. Se possível, faça um jato de água fria antes de desligar o chuveiro para selar as escamas.

Raiz oleosa e cabelos secos. Que shampoo devo usar?
A limpeza e hidratação do couro cabeludo são fundamentais para manter seus cabelos saudáveis. Neste caso o ideal é lavar a cabeça inteira com um shampoo específico para cabelos oleosos (esfregando bem na raiz) e um condicionador para cabelos secos, evitando a raiz (aplique do meio para baixo dos cabelos). Desta forma você conseguirá tratar tanto o couro cabeludo como os cabelos, deixando-os leves e sedosos. Atenção: evite shampoos com propriedades muito hidratantes indicados para cabelos com química, cacheados ou alisados, pois podem aumentar ainda mais a oleosidade do couro cabeludo.

Hidratação
Mais do que a própria pele, seus cabelos precisam de hidratação constante. A frequência do tratamento deve ser de acordo com o estado do cabelo. O importante é alternar hidratação, nutrição e reconstrução. Cabelos danificados permanecem com as cutículas abertas, sem capacidade de armazenar água, tornando-os opacos e eriçados.

O condicionador apenas amacia o cabelo e ajuda a desembaraçar. Não tem a função de tratar. Portanto não existe tempo para ação. Basta massagear por todo o comprimento e, em seguida, enxaguar.

A hidratação é que repõe a água, proteínas, aminoácidos, queratina etc, perdidas com as agressões do dia a dia. Controla o frizz e devolve os nutrientes necessários fazendo com que os cabelos fiquem maleáveis, sedosos, com brilho e principalmente fortes e saudáveis. Existe na forma de ampolas e máscaras e tem grande poder de penetração. É dividida em três categorias:

Hidratação simples: reposição da água. Indicado para cabelos secos e sem brilho. Não tem contraindicação, podendo ser feita semanalmente ou até mesmo duas vezes na semana, conforme necessidade. O importante é estar atenta as condições do seu cabelo para que mantenha-se sempre hidratado.

Nutrição: devolve a oleosidade natural dos cabelos. Ideal para cabelos com excesso de frizz, pontas espigadas e sem maciez. Excelente para cabelos indisciplinados, cacheados ou volumosos. O uso constante sem necessidade pode aumentar a oleosidade do cabelo e torná-los pesados.

Reconstrução: são produtos compostos por proteínas, queratina, aminoácidos etc, reconstruindo os fios danificados e repondo a massa capilar. Sela a cutícula e diminui a porosidade dos cabelos. Tem efeito antiquebra. Ideal para mulheres que fazem uso excessivo de chapinhas e/ou secador, cabelos com química, danificados, quebradiços e secos.

Atenção: o uso em excesso de reconstrutores endurece os fios, tornando-os com aparência espigada, opaco, ocasionando, inclusive a quebra. Ou seja, efeito nulo, pois devolve a aparência anterior ao início do tratamento deixando a sensação que o tratamento não fez efeito.

Alterne os tratamentos e os shampoos
Regra fundamental: o excesso é tão prejudicial quanto à falta. Para conquistar cabelos sedosos é importante alternar os tratamentos evitando a saturação de determinadas substâncias e a carência de outras. É importante lembrar que nenhum tratamento funciona caso o cabelo não esteja devidamente hidratado. O correto é na primeira semana realizar a hidratação simples, na segunda, a nutrição e, na terceira, finalizar com a reconstrução. Se você tem cabelos saudáveis alterne os tratamentos de nutrição e reconstrução a cada mês, apenas para manter a beleza de suas madeixas.

Os shampoos também devem ser alternados para evitar que seu cabelo se acostume com determinados nutrientes, e dando oportunidade de absorver outros igualmente importantes. 

A importância da escovação
Sempre que puder, penteie os cabelos. Esse simples gesto ajuda a estimular o couro cabeludo além de remover as células mortas do cabelo. Use a escova com delicadeza e de preferências as com cerdas grossas, que ajuda a dar brilho por conseguir distribuir melhor os óleos naturais que compõem sua cabeleira.

Dicas importantes para manter seus cabelos sedosos

1. Na hora da escolha do shampoo, lembre-se, que cada um deles tem uma função e é formulado para um tipo específico de cabelo. Observe o rótulo.

2. Evite esfregar a toalha nos cabelos molhados para não eriçar as escamas da cutícula que causam o frizz.

3. De preferência a toalhas leves e apenas enrole na cabeça para retirar o excesso de água.

4. Fontes de calor são uma faca de dois gumes. De um lado ajuda a otimizar e absorver os nutrientes. Em excesso, causa ressecamento e dependendo do produto, quebra dos fios.

5. Utilize protetor solar nos cabelos durante a exposição ao sol. Use boné ou chapéu.  O sol queima não apenas sua pele, como o seu cabelo também.

6. Usou spray pra fixar o penteado? Veneno puro. Lave as madeixas logo ao acordar e complete com uma hidratação simples.

Toda vez que você ver um cabelo maltratado significa cutículas abertas e danificadas. Cabelos sedosos possuem a cutícula fechada e reta. Vamos trabalhar pra restaurar suas preciosas madeixas? Ter cabelos sedosos não é questão de privilégio e sim de cuidados e tratamentos corretos.

Clique no link azul e leia artigos relacionados:
Vantagens e desvantagens da tintura, henna e tonalizantes
O segredo de sucesso do Pantenol
Água termal e micelar: água que cura e protege a pele


Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo sem citar a fonte com o link.

SUAS DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO MÉDICO
Livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel): capa dura, 800 páginas, perguntas e respostas em 22 especialidades médicas com os mais bem conceituados nomes da Medicina no Brasil. Best-Seller: mais de 300 mil cópias vendidas.
• PROMOÇÃO: Compre um e leve dois. Por apenas R$ 99,00 você recebe 2 livros iguais. Pagamento facilitado em até 10 X R$ 9,90 sem juros no cartão de crédito. O frete é por nossa conta. Válido apenas no Brasil e em um único endereço escolhido por você. Não perca esta oportunidade.
Clique neste link COMPRAR e saiba mais. A informação ajuda no diagnóstico precoce e pode salvar vidas.