Quem sofre de diabetes sabe da importância da alimentação para o controle da doença. Desejos incontroláveis por alimentos calóricos como doces, massas e pães, ataques noturnos a geladeira, tudo isso faz parte de um transtorno alimentar que atua no centro de prazer do cérebro, porém deve ser evitado. 

Esses tipos de alimentos possuem alto índice glicêmico e elevam rapidamente a glicose no sangue. E é justamente o controle da glicose que reduz o risco da evolução do diabetes. Para diagnóstico de diabetes, a taxa de açúcar no sangue é definida acima de 125mg/dL. No pré-diabético ela se encontra entre 100 e 125 mg/dL. 

Existem mais de 13,4 milhões de pessoas com diabetes só no Brasil e estudos indicam que a cada ano, sete milhões de pessoas no mundo desenvolvem a doença. A mudança de hábitos alimentares e a prática de exercícios físicos são as principais medidas preventivas.

Diferente de muitos alimentos dietéticos, já existe no mercado um suplemento que além de saciar o desejo por doces, também apresenta fontes de nutrientes importantes para a saúde. A união do útil ao agradável. 

Sentiu fome fora de hora? Aposte no shake Glucerna que é delicioso e ainda ajuda a controlar seu índice glicêmico, diminuindo os picos de glicose no sangue. Glucerna é comercializado em pó ou pronto para beber, nos sabores baunilha, chocolate e limão.

Conheça as variações da glicemia ao longo do dia:

1. A glicemia normal em jejum não pode ultrapassar os 100 mg/dL.

2. Duas horas após uma refeição, o valor máximo não deve ser superior a 140 mg/dL.

3. O valor da glicemia costuma ser maior após o café da manhã comparado com as outras refeições do dia. Uma boa sugestão para o controle glicêmico deste período é substituir o leite pelo Glucerna, que ainda tem a vantagem de não possuir lactose, glúten e sacarose. 

4. Lanches engordativos no meio da tarde ou da noite aumentam drasticamente a glicemia. Sentiu desejo por docinhos? Saboreie o Glucerna. 

5. O seu jantar é que vai reger sua glicemia de jejum. Portanto, faça escolhas saudáveis. 

Glucerna engorda ou emagrece?

Pode emagrecer ou engordar, depende da forma que é consumido. Glucerna é uma suplementação nutricional com carboidrato de lenta absorção. Veja como funciona esta operação:

Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo e o nutriente que mais afeta a glicemia já que 100% dele é transformado em glicose. Entra de forma acelerada na corrente sanguínea elevando a glicemia entre 15 minutos a 2 horas. Se consumido em excesso é armazenados na forma de gordura. 

Alguns carboidratos simples: pão branco, arroz, batata, suco de frutas, doces, sorvete, bolo, refrigerantes, biscoitos, milho, massa de farinha branca, açúcar, mel, glicose, sacarose, cana-de açúcar etc.  

Diferente do carboidrato simples, o Glucerna faz parte do grupo de carboidrato complexo que são digeridos mais lentamente por conter maior quantidade de fibras, vitaminas e minerais. Desta forma, além de fornecer a energia necessária, o aumento da glicemia ocorre de forma lenta e gradual, saciando a fome por mais tempo e evitando também o armazenamento de gordura. Além disso, Glucerna ainda tem a vantagem de conter proteínas na sua composição. 

Exemplos de carboidratos complexos: arroz integral, pão integral, batata-doce, mandioca, abóbora, inhame, aveia, alface, tomate etc. 

Desta forma, como qualquer outro alimento, o Glucerna só irá engordar caso seja consumido em excesso. Se você calcular que 200 ml do Glucerna tem em média 186 calorias, caso beba cinco por dia, já estará consumindo 930 calorias da sua cota de necessidades calóricas diárias. Mas se você imaginar que ao invés do Glucerna, seu desejo te levasse a consumir um alimento mais calórico, você engordaria em dobro.

O Glucerna pode te ajudar a emagrecer pois te ajuda a economizar calorias, promove sensação de saciedade por mais tempo e poupa seu diabetes por evitar o pico de glicose no sangue e consequentemente o armazenamento de gorduras. 

Por isso deve ser usado como substituto de alimentos calóricos por proporcionar energia e saciedade de forma saudável. Mas jamais como produto de emagrecimento. 

Posso substituir uma refeição pelo Glucerna?

A ingestão de Glucerna é uma opção saudável e de baixa caloria para o controle da glicemia no período entre as refeições, e um substituto de guloseimas como auxílio da compulsão alimentar. É indicado como parte do plano alimentar do paciente com diabetes. Não deve ser substituído pela refeição sem o aconselhamento médico ou nutricionista. 

Glucerna só pode ser tomado por diabéticos?

Glucerna pode ser tomado por qualquer pessoa que deseja uma fonte de energia saudável e de baixo índice glicêmico (IG 19). É uma excelente alternativa de carboidrato para praticantes de atividades físicas que necessitam de energia e querem perder peso. Da mesma forma é uma ótima opção para portadores de doença celíaca, pessoas com intolerância à lactose ou ao glúten. 

Clique no link azul e leia artigos relacionados:

Alimentação para o controle da glicose e glicemia

Os maiores enganos nas dietas de emagrecimento

Fome ou vontade de comer?

 

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo sem citar a fonte com o link.

SUAS DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO MÉDICO
Livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel): capa dura, 800 páginas, perguntas e respostas em 22 especialidades médicas com os mais bem conceituados nomes da Medicina no Brasil. Best-Seller: mais de 300 mil cópias vendidas.
• PROMOÇÃO: Compre um e leve dois. Por apenas R$ 99,00 você recebe 2 livros iguais. Pagamento facilitado em até 10 X R$ 9,90 sem juros no cartão de crédito. O frete é por nossa conta. Válido apenas no Brasil e em um único endereço escolhido por você. Não perca esta oportunidade.
Clique neste link COMPRAR e saiba mais. A informação ajuda no diagnóstico precoce e pode salvar vidas.