Um conjunto de condições gera a constipação conhecida popularmente pelo nome de intestino preso. A prisão de ventre incomoda muito. Mas com algumas dicas é possível resolver ou minimizar o problema. Segundo o Prof. Luiz Chehter, autor do capítulo de gastroenterologia do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel), para se libertar da constipação deve-se resolver o maior número possível dos mecanismos que causam a prisão de ventre, que vão desde correção de hábitos alimentares e posturais, bem como adequação da condição muscular e da atividade física, além da eliminação ou substituição de medicamentos com efeitos constipantes. Veja abaixo algumas dicas com as respectivas justificativas: 

•  Toda pessoa deve ser convencida de que seu intestino pode ser treinado e que o hábito intestinal melhorará. O objetivo não é evacuar diariamente, mas três vezes na semana, ou até a cada 3 dias, sem desconforto ou esforço demasiado.
•  A vontade de evacuar costuma aparecer após o despertar, especialmente após a primeira refeição do dia, podendo se repetir após outras refeições. Quem perdeu esse reflexo, deve identificar o melhor momento para disciplinar seu reaparecimento e ter a possibilidade de atendê-lo. O reaparecimento do reflexo pode levar tempo para voltar e requer uma persistente dedicação, devendo a pessoa evitar qualquer atividade juntamente com a evacuação (ler ou falar ao telefone, por exemplo).  
A postura física assumida para evacuar é importante. Na posição sentada, com o apoio dos membros inferiores no chão e a flexão do tronco, há maior eficácia da atuação da musculatura abdominal e perineal e facilitação do esvaziamento retal (posição de cócoras). Não se deve recostar nem ficar com os pés sem apoio durante a evacuação.
• Comprometimento da musculatura abdominal e da pressão exercida sobre o intestino pode ter sido afetada pelo sedentarismo, por comprometimento neurológico (acidentes vasculares e trauma, principalmente) ou doenças que redundam em menor mobilização.
• Na maioria das vezes, além da mudança de postura, a mudança de hábitos, com correção de hábitos alimentares, do volume de líquidos ingeridos e da atividade física são suficientes para eliminação da prisão de ventre. Indica-se ingerir mamão com as sementes (sem mastigá-las), laranja com o bagaço, ameixas pretas, farelo de trigo ou de aveia e arroz integral, além das fibras que estão presentes em vegetais (verduras, cereais e frutas). Pode, também, ser necessária a suplementação com fibras de produtos farmacêuticos.

Palavras em azul são links que te direcionam ao assunto em questão. Clique para ler. Matérias relacionadas:
Síndrome do Intestino Irritável
Por que meu intestino não funciona direito
Intolerância a Lactose

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo sem citar a fonte com o link.

SUAS DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO MÉDICO
Livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel): capa dura, 800 páginas, perguntas e respostas em 22 especialidades médicas com os mais bem conceituados nomes da Medicina no Brasil. Best-Seller: mais de 300 mil cópias vendidas.
• PROMOÇÃO: Compre um e leve dois. Por apenas R$ 99,00 você recebe 2 livros iguais. Pagamento facilitado em até 10 X R$ 9,90 sem juros no cartão de crédito. O frete é por nossa conta. Válido apenas no Brasil e em um único endereço escolhido por você. Não perca esta oportunidade.
Clique neste link COMPRAR e saiba mais. A informação ajuda no diagnóstico precoce e pode salvar vidas.