Além da cirurgia plástica, quais as técnicas mais avançadas para atenuar os efeitos do tempo no rosto?
A cirurgia plástica, a dermatologia e outras especialidades clínicas aliadas à cosmetologia evoluíram muito nos últimos anos. Se compararmos o rosto de uma jovem de hábitos saudáveis e alimentação adequada com o de outra da mesma idade, porém criada em condições menos favoráveis e exposta demais ao sol, esta última aparentará ser mais velha. Esse fato traduz a necessidade de que, desde cedo, devemos prevenir os sinais do envelhecimento da pele por meio de cuidados higiênicos, dieta balanceada, prática de esportes e proteção contra os raios solares, evitando o hábito de fumar e de ingerir bebidas alcóolicas em excesso.

Hoje em dia, os cirurgiões plásticos estão se aprofundando cada vez mais no campo da cosmetologia. Em clínicas com excelente nível de qualidade existem departamentos de cosmetologia, onde atuam profissionais de estética que cuidam da pele dos pacientes, antes e depois de uma cirurgia, sempre com o acompanhamento de um dermatologista. É sempre bom estar atento a "fórmulas milagrosas" divulgadas pelos diversos meios de comunicação. Muitas vezes, estes tentam colocar no mercado certos tratamentos de uma forma além da realidade, como se fossem produtos mágicos. Porém, alguns podem até ser realmente válidos quando bem indicados e já aprovados pelo médico.

Atualmente, há vários métodos que podem ser utilizados para o tratamento de rugas faciais. São indicados no pré e pós-operatório da cirurgia do envelhecimento facial ou para pessoas que não querem ser submetidas a esse tipo de procedimento, mas desejam suavizar os sinais de senilidade cutânea.

• Nas pessoas jovens, o que podemos observar com certa frequência são "marcas de expressão" e não rugas propriamente ditas. Quando essas "marcas" são profundas e evidenciadas mesmo estando a face em repouso, tanto os preenchimentos quanto os peelings — abrasão (raspagem) da pele — e, eventualmente, o enxerto de gordura podem ser indicados.

• A injeção de gordura é um procedimento que, quando bem-indicado, proporciona resultados satisfatórios no tratamento de sulcos faciais pronunciados.  Esse método utiliza gordura do próprio paciente aspirada de outras regiões do corpo, preferencialmente da face interna do joelho. Ressalta-se, contudo, que a porcentagem de absorção da gordura injetada é significativa. Esse fato deve-se sobretudo à rica vascularização da face, e, para obter melhores resultados, são necessárias novas injeções de gordura. O mesmo ocorre com os implantes faciais, pois frequentemente há necessidade de repetir o tratamento uma ou mais vezes.

• No tratamento das rugas existem hoje vários tipos de peelings químicos usados para descamar a parte mais superficial da pele. Os mais suaves são feitos à base de ácido glicólico ou de TCA (ácido tricloroacético), cuja porcentagem de concentração será graduada de acordo com cada tipo de pele.

• Existem também os tratamentos a laser, que são de vários tipos e têm indicações precisas para a sua utilização. Para tratar as rugas, o laser do tipo skin resurfacing (laser de dióxido de carbono) é atualmente o mais usado. O aparelho é monitorado por computador, propiciando maior segurança no seu manuseio. Esse procedimento estimula a produção do colágeno profundo, conferindo à pele um aspecto mais liso, com menos rugas.

• Já o peeling mecânico, também chamado de dermabrasão mecânica, apesar de ser o método mais antigo, tem inúmeras indicações. É o mais usado para tratar sequelas de acne ou mesmo pequenas cicatrizes pós-traumáticas, nivelando melhor a superfície da pele. É um método que utiliza lixas cilíndricas de diversas espessuras acopladas em um aparelho adequado (dermoabrasor), cuja rotação e grau de profundidade são controlados pelo cirurgião. Clique no link azul e leia artigo completo sobre Pelling

• Para peles muito envelhecidas, com manchas e pouco tecido colágeno, o  tratamento indicado estaria, dependendo do tipo da pele, entre o peeling a laser ou um dos tipos de peeling químico. É importante que o cirurgião plástico possua conhecimentos de dermatocosmetologia para que possa propiciar maior benefício ao paciente, já que essas são áreas de importante interligação.

Todos os procedimentos necessitam de uma indicação precisa, no sentido de o paciente compreender se as suas expectativas são compatíveis com o que o tratamento cirúrgico possa vir a oferecer.

Prof. Dr. Ivo Pitanguy é Prof. Titular dos Cursos de Pós-Graduação e Mestrado  da PUC-RJ e do Curso de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas; Membro Titular da Academia Nacional de Medicina e autor do capítulo de cirurgia plástica do livro MEDICINA MITOS E VERDADES (Carla Leonel). Artigo do livro.

Clique no link azul e leia mais artigos nas categorias de:
Beleza
Cirurgia Plástica
Dermatologia

  

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo sem citar a fonte com o link.

SUAS DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO MÉDICO
Livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel): capa dura, 800 páginas, perguntas e respostas em 22 especialidades médicas com os mais bem conceituados nomes da Medicina no Brasil. Best-Seller: mais de 300 mil cópias vendidas.
• PROMOÇÃO: Compre um e leve dois. Por apenas R$ 99,00 você recebe 2 livros iguais. Pagamento facilitado em até 10 X R$ 9,90 sem juros no cartão de crédito. O frete é por nossa conta. Válido apenas no Brasil e em um único endereço escolhido por você. Não perca esta oportunidade.
Clique neste link COMPRAR e saiba mais. A informação ajuda no diagnóstico precoce e pode salvar vidas.