O QUE É TUMOR BENIGNO? PODE SE TORNAR MALIGNO?

“Uma vez detectado um tumor, deve-se partir para o seu diagnóstico, ou seja, qual tipo de células ele apresenta e de onde ele surgiu. Isso é possível de se determinar quando se consegue colher material desse tumor, através de um exame de biópsia. Por meio de várias técnicas, o patologista chega à conclusão de que um tumor é benigno ou maligno, pelo estudo do material colhido na biópsia” explica o médico Rene Gansl, autor do capítulo de oncologia do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel).

Os tumores benignos apresentam algumas características peculiares: habitualmente são massas compactas, bem delimitadas, não invadindo os órgãos vizinhos; geralmente têm crescimento lento e progressivo, podendo, algumas vezes, chegar a uma pausa e até mesmo regredir, além de não apresentarem a capacidade de ocasionar metástases.

Metástase é o nome que se dá quando células cancerosas se espalham para órgãos vizinhos ou para os órgãos distantes, neste caso, através dos vasos sanguíneos ou linfáticos. Clique no link azul e saiba mais sobre metástase.

O tratamento dos tumores benignos consiste sempre em sua remoção cirúrgica. Algumas vezes, quando diagnosticados tardiamente, alguns deles não conseguem ser removidos cirurgicamente, devido a dimensões aumentadas e/ou pela localização em lugar nobre como, por exemplo, um tumor benigno cerebral — meningioma.

“É raro um tumor benigno causar a morte do paciente. Entretanto alguns tumores benignos, como pólipos intestinais, podem se transformar em tumores malignos ao longo dos anos e, por esse motivo, devem prontamente ser retirados durante a colonoscopia” orienta o oncologista Rene Gansl.

Clique no link e leia mais matérias sobre oncologia

Informações do livro Medicina Mitos e Verdades (Carla Leonel) - Editora CIP. Capítulo de oncologia. Médico responsável Dr. René Gansl




Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo e/ou imagem sem citar a fonte com o link ativo. Direitos autorais protegidos pela lei.