HÉRNIA DE DISCO

A coluna vertebral está unida de tal forma que apenas pode se romper por acidentes violentos. Ela é capaz de realizar uma gama de movimentos diversificados, desde os que exigem cargas pesadas, até os contorcionismos dos acrobatas ou mesmo os passos delicados dos bailarinos.  Isso tudo só é possível graças aos discos intervertebrais (cartilagem que ficam entre as vértebras) que funcionam como pequenas almofadas, um amortecedor, e além de proteger as vértebras, movem-se de forma a permitir os movimentos.

A hérnia de disco ocorre quando este disco entre as vértebras torna-se saliente na parte posterior e comprime alguma raiz nervosa. As causas para o desgaste ou deslocamento desses discos vão desde a má postura, movimentos de repetição inadequados, postura de trabalho estática, inclinar e girar o tronco frequentemente, movimentos frequentes de levantar, empurrar e puxar, traumas na coluna até a obesidade, sedentarismo, idade avançada e lesões degenerativas.

O diagnóstico é realizado com exames físicos aliados à história do paciente, com o qual se avalia a presença de hérnia discal. O diagnóstico definitivo é realizado com os exames de tomografia computadorizada ou ressonância magnética.

Os sintomas são dores localizadas, normalmente nas regiões lombar ou cervical (dependendo de onde é a área da hérnia), e dores irradiadas:
• Se for hérnia cervical, a dor irradia para nervos superiores;
• Se for lombar, para nervos inferiores.

A hérnia de disco também pode causar como consequência, alterações de sensibilidade, perda de força e atrofias musculares.

O ortopedista Prof. Dr. Moisés Cohen, indica para o tratamento medicações analgésicas e fisioterapia e, se necessário, orienta a perda de peso. Para casos rebeldes ao tratamento conservador é necessário o tratamento cirúrgico.

Leia mais artigos na categoria de ortopedia

Proibida a reprodução total ou parcial sem citar a fonte com o link.

Clique no link azul e leia matéria relacionada:
Dor ciática e dor lombar: a causa nem sempre é problemas na coluna

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo e/ou imagem sem citar a fonte com o link ativo. Direitos autorais protegidos pela lei.