FORÇAR CRIANÇA A COMER LEVA A OBESIDADE

Não! Seu filho não ficará desnutrido, fraco ou doente se não comer tudo o que tem no prato. Durante as refeições, é importante que a criança aprenda a ter uma relação prazerosa com a alimentação e, portanto, não deve ser forçada a comer.

No entanto, as refeições NÃO devem ser substituídas por lanches, mamadeiras e guloseimas. É importante que a criança não chegue satisfeita por outros alimentos ao horário das refeições, mantendo o apetite para o horário correto da refeição.

Na verdade, o hábito de forçar a criança a comer tem o risco de levar ao sobrepeso e até à obesidade, e é uma prática que não deve ser realizada. Uma criança saudável come exatamente o que necessita para seu crescimento e desenvolvimento e, muitas vezes, isso é interpretado erroneamente pelos pais como alimentação insuficiente.

 Segundo o pediatra Dr. Cláudio Schvarstsman, o caminho para a obesidade começa justamente quando este delicado equilíbrio é rompido e a criança é forçada a comer quando não tem vontade, pois seu organismo não necessita desse alimento.

Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial deste artigo e/ou imagem sem citar a fonte com o link ativo. Direitos autorais protegidos pela lei.